Listeratura: Mães na Ficção

Não há dúvidas de que a arte literária brasileira é cheia de personagens femininas notáveis pela enorme força. Muitas delas, aparecendo ou não na posição de protagonistas, tiveram na maternidade um ótimo ponto de exploração pelos escritores, que procuraram representá-las sob diferentes perspectivas, também utilizando-as como importantes vetores para a ruptura ideológica. Nos livros, assim como no contexto real, mães não são apenas aquelas mulheres que geraram a vida, mas também aquelas que adotaram, criaram e cuidaram, desempenhando muitas vezes o papel de pai em simultâneo. Sua relação com os filhos nem sempre poderá ser considerada positiva, mas não há quem refute a influência desta figura no desenvolvimento e constituição de cada indivíduo, mesmo que em ausência ou má-convivência. Neste sentido, convido-os a relembrar algumas das mais marcantes mães da nossa ficção.

(mais…)

Listeratura: Amizades na Ficção

Amigo a gente guarda dentro do coração e debaixo de sete chaves, já dizia a Canção da América do grande Milton Nascimento. Seja duradoura ou passageira, muito forte ou inusitada, toda e qualquer amizade nos é sempre importante em alguma etapa da vida, inclusive aquelas que acompanhamos na ficção literária. Para estrear esta nova seção de listas paralelas no blog, convido-os a relembrar algumas das amizades que mais marcaram a nossa literatura brasileira.

(mais…)

Citação – Lygia Fagundes Telles

“Sou uma escritora muito insatisfeita. Quando escrevo, volto diversas vezes, refaço o texto até cansar. Tenho uma vontade artesanal de dar o melhor possível. Às vezes chego até a ser insegura. Para mim, escrever é uma busca constante da inatingível perfeição.” – Lygia Fagundes Telles

#09 Ciranda de Pedra

Título: Ciranda de Pedra

Autora: Lygia Fagundes Telles

Primeira Publicação: 1954

Modalidade: Ficção

Minha Edição: Editora José Olympio

“Ali estavam os cinco de mãos dadas…”

(mais…)