Extrato Poético: Paulo Leminski

leite, leitura,
letras, literatura,
tudo o que passa,
tudo o que dura
tudo o que duramente passa
tudo o que passageiramente dura
tudo, tudo, tudo,
não passa de caricatura
de você, minha amargura
de ver que viver não tem cura

Paulo Leminski in ‘Toda Poesia’ (Editora Companhia das Letras)

Anúncios
Post anterior
Post seguinte
Deixe um comentário

2 Comentários

  1. Adorei seu blog, adorei seus posts*
    É algo relativamente incrível,você transmitir ao público** a literatura brasileira
    Beijinhos

    Resposta
    • Muito obrigado pelo incentivo, Geovana. Espero que esteja ajudando muitos leitores a se apaixonarem pela Literatura nacional. Abraço forte! :)

      Resposta

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: